Avaliação do valor protéico de dietas

          Kcal não protéicas/g de nitrogênio “Uma dieta deve conter uma quantidade adequada de calorias não-protéicas (LIP e CHO) para garantir a metabolização adequada das proteínas ingeridas”.O nitrogênio representa o aporte protéico da dieta, assim, quanto menor a relação, maior é o aporte protéico e vice-versa.

O cálculo permite:

Permite a eficácia da síntese protéica;

Evita catabolismo da musculatura esquelética;

Cálculo Kcal não protéicas/g de nitrogênio

Kcal não protéicas / g de N = Kcal não protéicas / Total de N da dieta

Passo1:Dividir o total de ptn da dieta por 6,25(para obtenção do teor de N).

Passo2:Dividir as calorias não protéicas pelo total de N.

          Resultado: Menor 120 Kcal/g de N= dieta não contém energia suficiente para garantir metabolização das ptns nas suas funções específicas.

         Esse cálculo é muito aplicado em condições críticas, em que o catabolismo protéico é bastante acentuado e o valor protéico da dieta é fundamental para o restabelecimento clínico e nutricional do paciente.

Um comentário:

  1. Bacana o post! Tava um tempão sem fazer esse cálculo e essa explicação tá ótima!!

    ResponderExcluir

Leia Também: